Unifenas
Unifenas
   
 
Busca :   
   
 
 
 
Resultado de Exames Laboratoriais
 
Fale Conosco
 



 
 
 
 


Amamentação

Amamentação é a base da vida

Amamentar é o maior gesto de Amor! É investir no futuro das novas gerações.
Todos nós podemos e devemos - divulgar, orientar e defender o aleitamento materno!

AMAMENTAR E UMA BÊNÇÃO

É um momento único na vida da mãe e do filho.
A amamentação deve começar logo após o parto.
No início, pode parecer complicado.
A criança não sabe sugar, e a mãe não sabe amamentar.
É preciso ter calma.
Tudo se ajeita.
A hora de amamentar é muito importante.
Prepare-se.

Escolha um lugar tranquilo, uma cadeira confortável. Antes, tome um copo de água, você terá sede ao amamentar. Coloque seu filho no colo, segure o peito com uma mão e coloque o bico do peito e toda parte mais escura-a aréola, na boca do neném.

Aperte o bico para sair um pouquinho do leite, para a criança sentiro cheiro. Nocomeço,oleitequesaié bem ralinho, parece água. Mas não é fraco não. Este leite "clarinho" chama-se colostro, é riquíssimo emanticorpos,funciona como uma vacina, protege a criança, é um alimento muito rico em vitaminas e faz muito bem para os recém nascidos.

O bebê deve abocanhar - colocar a boca - não só no bico do seio, mas também a aréola, a parte marrom do peito. Quando o bebê está mamando é liberada uma substância benéfica que contrai o útero da mãe, ajudando a voltar ao tamanho normal e evitando hemorragias.

Nos primeiros dias pós-parto há pouca descida do leite; quanto mais o bebê mamar, mais leite será produzido. Noterceirodia a produçãojá poderá estar normal.

É importante que o bebê mame o leite do final da mamada. O leito do final da mamada é muito rico em gorduras. Como o peito tem pouco leite nos primeiros dias você não percebe ele secar. Por isso é importante que ele mame de 20 a 30 minutos em um só peito para que mame o leite do final - que é mais rico em gordura, satisfaz o bebê e não deixa que ele perca peso.

Alguns bebês costumam mamar um pouco e dormir! Isto não significa que já ele esteja satisfeito.

Brinque com ele, faça massagens no rosto, nas bochechas, mãos, e pés para ele acorde e volte a mamar otempo necessário.

Alguns bebês ficam mais espertos e sugam melhor com pouca roupa.

A amamentação é muito importante para a criança, a mãe e toda a família. Seus benefícios permanecem por toda a vida.


É IMPORTANTE SABER

- O leite materno é muito importante para a criança até os dois anos de vida ou mais.
Nos primeiros seis meses, o bebê que mama no peito não precisa de nenhum outro alimento, pois o leite materno é completo e tem tudo de que o bebê precisa, inclusive a água.

- O leite materno nunca é fraco, é o melhor alimento e é sempre adequado ao desenvolvimento do bebê. Nos primeiros dias, a produção do leite pode parecer pouca, mas é suficiente para atender às necessidades do recém-nascido. Esse leite, chamado de colostro, tem alto valor nutritivo e muitos anticorpos que protegem a criança contra infecções.

- Quanto mais tempo a criança mamar, maiores os benefícios. Por isso, recomenda-se que o bebê mame até os dois anos ou mais.

- As crianças amamentadas têm menos infecções, tais como: diarreias, doenças respiratórias, otites e menos chance de ter, no futuro, doenças como obesidade e diabetes.

- Sugar o peito é um excelente exercício para os músculos da face da criança. Favorece o posicionamento dos dentes, o desenvolvimento da fala e da mastigação e a respiração.

- As mulheres que amamentam diminuem o risco de desenvolver câncer de mama, câncer de útero, de ovário, diabetes e pressão alta.

- Retirar leite para doar aos bancos de leite humano é um ato de solidariedade e ainda ajuda a mulher no aumento da produção do seu leite.

A amamentação será melhor e mais prazerosa se a mãe:

- Amamentar sem horários, sempre que a criança solicitar o peito.

- Deixar a criança mamar até que fique satisfeita.É importante que ela esvazie um peito antes de passar para o outro. Respeitar o ritmo de mamar do bebê. Cada bebê tem o seu próprio ritmo.

- Tomar alguns cuidados para não machucar o peito na hora de colocar o bebê para mamar. Amamentar não dói.
Ao primeiro sinal de dor, procure ajuda de um profissional de saúde.

Pode prejudicar a amamentação:

- Dar outros leites para "complementar" o leite materno. Isso faz com que a mãe produza menos leite, além de expor a criança a maior risco de adquirir doenças.

- Oferecer qualquer líquido por mamadeira. A criança pode se confundir, pois o jeito de sugar o peito e a mamadeira é diferente.

- Oferecer chupeta.
As crianças que usam chupeta mamam por menos tempo.

- Fumar, beber álcool e usar remédios por conta própria.

Benefícios da amamentação ao longo da vida:

Mães, pais, familiares, profissionais de saúde e todas as pessoas que têm papel importante no crescimento e desenvolvimento das crianças devem conhecer os benefícios que a amamentação traz para todas as fases da vida.

Por exemplo:

- A amamentação está associada a um melhor desempenho em testes de inteligência, renda mais alta e maior produtividade na vida adulta.

- Para cada ano que amamenta, a mulher tem menos 6% de chance de desenvolver câncer de mama.

- A amamentação reduz as chances de a criança desenvolver, no futuro, sobrepeso, obesidade e diabetes tipo 2.

O leite matemo é um "alimento natural e renovável", ambientalmente seguro, produzido e entregue ao consumidor sem causar poluição, sem embalagens desnecessárias e desperdícios.

- A amamentação previne a fome e a desnutrição em todas as suas formas e garante a segurança alimentar das crianças.

- O leite matemo ajuda no orçamento familiar e contribui para a redução da pobreza, pois é gratuito, produzido diretamente da mãe para o seu filho.


Cuidados especiais

Antes de amamentar lave as mãos e limpe o seio, de preferência com o próprio leite, ou com algodão, gaze ou um paninho limpo molhado. Se você ou quem cuida de o bebê, gripar, use máscara e lave bem as mãos antes de pegar a criança Cuidado ao colocar a criança no berço. A cabeceira do berço deve ser SEMPRE um pouco mais alta uns 10 cm. Coloque um suporte embaixo do colchão. A posição certa do bebê é de barriga pra cima ou de lado. Coloque o bebê de lado para descansar as costas quando tiver alguém por perto. NÃO deixe a criança no berço de barriga pra baixo. Ela pode sufocar e morrer.

Banho

Quando estiver fazendo frio, dê o banho no período mais quente do dia. Para facilitar, arrume o lugar e tudo que for necessário antes de começar a dar o banho. Coloque o sabonete, shampoo, toalha, roupas, pomada, perto da banheira. Prefira sabonete neutro, branco. Veja se a temperatura da água está boa. Coloque a parte interna do braço para sentir está moma. Antes de colocar a criança na banheira. Para diminuir a perda de calor, lave a cabeça e o rosto antes, enxugue bem e depois lave o corpo. A água que lavou o corpo não pode lavar o rosto e a cabeça, pois pode provocar conjuntivite. Lave primeiro o rostinho.

Umbigo

Lave o umbigo durante o banho com água e sabão, enxugue bem e envolva ou embrulhe o umbigo com gaze com álcool absoluto ou 70%. O umbigo cai em média de 7 a 14 dias após o nascimento e ao cair, pode sangrar um pouquinho. Limpe com cotonete molhado em álcool. Se continuar a sangrar, se ficar muito vermelho, ou com mal cheiro, ou se uma semana após a queda o umbigo tiver algum tipo de secreção, procure o médico pediatra, no ambulatório ou Pronto Socorro.

Intestino

No começo as fezes do recém nascido são escuras, até o 4o dia, mais ou menos. Normalmente o recém nascido faz cocô depois das mamadas. Depois de um tempo, que varia, cada criança é de um jeito, a criança pode ficar até uma semana sem fazer cocô. Se o bebê estiver bem, mamando, sem chorar , e sem que a barriguinha esteja grande e dura, é normal, mas converse com seu médico.

Xixi

O recém nascido tem que fazer xixi todos os dias. A partir do quarto dia de vida, se o bebê estiver mamando bem, é comum fazer xixi umas 5 ou 6 vezes por dia.

Icterícia

É comum que os bebês apresentem Icterícia fisiológica, no 2o dia de vida, aumentando até o quarto dia de fomia leve. A icterícia é fácil de ser vista. O neném fica com a cor amarelada no rosto, perto dos olhos. Normalmente, a cor desaparece no quarto dia. Se a cor for muito forte no Io dia não desaparecer no 4o dia, procure o médico. O tratamento é rápido e fácil. SE NÃO TRATAR a doença aumenta, fica grave, com sérios problemas que prejudicam a saúde da criança.

Cólicas

As cólicas ou dor de barriga, geralmente aparecem na 2a semana de vida. Observe quando a criança chora se ela encolhe as peminhas. A dor de barriga pode ser provocada pela alimentação da mãe. Tudo que a mãe come interfere na criança. E importante que a mãe cuide bem da sua alimentação e tome muitos líquidos água e chás. A mãe deve alimentar-se com tranquilidade, comer devagar, poucas porções. Pode comer de tudo, mas deve preferir alimentos saudáveis: verduras, legumes, frutas. EVITE abusar de leite de vaca e queijos, pimenta, temperos fortes, alimentos ácidos, doces e álcool. Para evitar as cólicas, antes de dar mamar, e antes do banho, faça massagens e coloque uma compressa moma na barriga do neném. Cantar e tentar acalmá-lo conversando com ele, colocá-lo sobre sua barriga, também melhora a cólica. Se as cólicas forem muito fortes, procure o médico pediatra. Atenção Mamãe: Se você tem muito leite, cuide para que ele não “empedre”. O excesso de leite pode causar, dor e inflamação. Faça massagens, banhe os seios com água fria, e tire o excesso, com as mãos ou uma bombinha. Guarde o leite na geladeira, para dar ao seu filho quando você não estiver em casa, ou ENTÃO, doe para posto de leite materno do Alzira Velano.

 
 
 
  Hospital Universitário Alzira Velano - R. Geraldo Freitas da Costa, 120 - Alfenas/MG - CEP: 37132-202 - Tel: (35) 3299 3500
© UNIFENAS - Todos os direitos reservados.